top of page

MOMENTO POESIA

Algumas pessoas têm uma passagem muito especial para contar. Aleatoriamente e sem aviso, o telefone tocava na casa de um aluno ou amigo. E era Ítalo que, sem dizer “alô”, anunciava o “Momento de Poesia”. E então, começava a declamar uma poesia escolhida especialmente para aquela pessoa. Esse gesto carinhoso se desdobrava também em livros que ele dava de presente nas festinhas e reuniões que promovia em sua casa, no Barro Preto, que atraíam, ao longo da noite, um grupo crescente de amigos que queriam estar junto do mestre. Aqui, têm áudios de atrizes e atores interpretando poesias presenteadas por Ítalo e de espetáculos montados por ele.

Espetáculos de poesia- atores.jpg
bottom of page